Dois angolanos na 5ª edição do MultiChoice Talent Factory

Targeting
Targeting

A 5ª edição do MultiChoice Talent Factory (MTF) abre portas para mais de 60 jovens africanos seleccionados para o programa de formação de contadores de histórias, que vai durar 1 ano em Lusaka, capital da Zâmbia. Implementado pelo Grupo MultiChoice em África, este programa pretende desenvolver talentos emergentes nas áreas de televisão e cinema, proporcionando experiências teóricas e práticas que vão desde a criação do argumento, produção, filmagem, edição e pós-produção de áudio.

Segundo a MultiChoice, vários países africanos estão representados nesta edição de 2024 (incluindo Angola), após passagem por um processo rigoroso de selecção de seis semanas com entrevistas realizadas por especialistas em cinema, televisão e directores regionais das academias. Os aspirantes ao cinema Adilson Famoroso e Justino de Carvalho representam Angola no programa e na Academia da MTF em Lusaka, onde já se encontram para a formação.

A fase final da formação vai permitir que os candidatos desenvolvam longas-metragens a serem transmitidas nos canais locais da MultiChoice e no Showmax, para além de que após a sua graduação, tal como a turma de 2023, os dois melhores alunos de cada academia poderão participar num curso intensivo online da prestigiosa academia americana, New York Film Academy (NYFA).

Christopher P., Director da MTF da Região Austral, afirma que: “no espaço cinematográfico e televisivo africano existe o risco de que produções locais sejam ofuscadas por séries e filmes estrangeiros de alta qualidade. Através desta formação, a Multichoice diminui grandemente esse risco investindo no desenvolvimento de habilidades locais por meio das equipas formadas pelas Academias MTF. Mesmo antes de se formarem, os estudantes estão envolvidos na criação de conteúdo relevante que reflecte a vida e os gostos do povo africano”.

A academia MTF, criada em 2018, formou até ao momento mais de 300 jovens africanos, tornando-os cineastas qualificados que contam as histórias de África para o mundo. A formação fornecida pela MTF visa ampliar as habilidades dos aspirantes a cineastas e capacitá-los a trabalhar em diversas disciplinas criativas, não apenas na indústria cinematográfica. Uma pesquisa da MTF constatou que cerca de 92% dos graduados desta academia seguem carreira no sector criativo.

Redacção: ola@targeting.ao

Experimente o Dark Mode. Clique no botão do canto superior direito, junto à barra de pesquisa.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *