“Devemos liderar pelo exemplo”

Targeting
Targeting

Nascida no município da Gabela, província do Cuanza Sul, Yeda do Céu Pinheiro Ferreira desde muito cedo sonhou em trabalhar na Banca, e fê-lo. Começou o seu percurso profissional neste segmento há mais de 20 anos e foi acumulando experiências em funções de liderança. Actualmente assume, há dois anos, a Direcção Comercial do Banco Keve para a Região de Luanda, mas no seu curriculum constam passagens pelo actual Banco Millennium Atlântico e pelo já extinto Banco Millennium Angola e pelo Millenium BCP.

Define-se como uma mulher cuja paixão maior é a de ser mãe de um jovem de 15 anos de idade, que ama plantas e que procura aproveitar ao máximo o seu momento fora do trabalho: “tenho o meu lado divertido fora do trabalho, gosto de ouvir boa música, dançar, viajar e cozinhar”.

Yeda Ferreira é a primeira entrevistada da Edição de 2024 da rubrica Elas No Comando, uma rubrica que destaca as mulheres que escolheram o mundo executivo, as mulheres angolanas que lideram departamentos em médias e grandes empresas angolanas ou com operações em Angola.

Fale-nos do seu percurso académico

Completei o ensino médio no curso de Ciências Económicas no Agrupamento 3 do Colégio Liverpool na cidade do Porto, em Portugal. Sou licenciada em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Privada de Angola. Considero-me uma mulher apaixonada pelo sector bancário, especificamente pela área comercial, em que sempre trabalhei até a data.

Como e quando é que chega à banca?

O primeiro contacto com a banca começou ainda no tempo de estudante no ensino médio, onde pela minha audácia e simpatia em lidar com pessoas, recebi uma informação de um técnico bancário do Millennium BCP sobre estágios neste sector para jovens angolanos. Volvidos alguns dias após o envio da documentação para o estágio, a área responsável do Banco Millennium BCP entrou em contacto com o Colégio Liverpool para melhor informação sobre a minha situação curricular. E assim foi, beneficiei de um estágio no Millennium BCP em Tagus Park.

Aquando do meu regresso à Angola no ano de 2002, candidatei-me a uma vaga na sucursal do actual Banco Millennium BCP (na altura Banco Comercial Português – BCP) onde fui admitida para trabalhar na única representação estrutural da então sucursal, com sede na rua Rainha Ginga em Luanda. Naquela época o banco contava com apenas 20 colaboradores, sendo que inicialmente acumulei as funções de Técnica Estagiária de Operações e Atendimento e Operadora de Caixa na Área Comercial.

Antes disso, quais foram as outras áreas em que trabalhou?

Antes da chegada a banca trabalhei no sector do comércio a grosso (bebida e bens alimentares) e transportes de mercadorias, com o comerciante Humberto Ferreira. Nesta empresa geria a negociação com os fornecedores, vendas e distribuição de mercadorias aos clientes em Luanda e no Cuanza Sul, incluindo também as cobranças ao inadimplentes. Nesta empresa aprendi, acima de tudo, o melhor desempenho na gestão de vendas, cobranças aos devedores, rigor nas entregas e nos compromissos. Foi realmente um exemplo para a profissional que hoje se tornou.

Quais são os principais desafios em dirigir a área comercial de uma instituição bancária?

Um dos principais é gerir pessoas, formando-as e capacitá-las para melhor servirem os clientes mediante as qualidades por eles esperadas, mantendo-os fidelizados e satisfeitos.

E como é que se ultrapassam estes desafios no dia-a-dia?

Enquanto líderes, devemos liderar pelo exemplo, apoiando as equipas quer colectiva, quer individualmente e garantir a proximidade entre todos, primar pela melhor e maior orientação nas questões mais difíceis e desafiadoras características da actividade bancária, em que cada cliente quer uma solução ao seu gosto. As equipas devem estar preparadas para melhor adaptarem-se a pressão que se impõe na qualidade de servir clientes, assertividade nas vendas, bem como na entrega de bons negócios para o banco.  

Em termos comercias, é mais fácil trabalhar o segmento corporativo ou particular dentro de um banco?

Em termos comerciais é muito mais fácil trabalhar com o segmento particular porque a gestão é mais simples pela sua natureza e objectivos de cada um. Enquanto o corporativo tem as suas especificidades e peculiaridades, onde estão sujeitas diariamente a adaptações no seu modelo de gestão face às variações impostas pelos impactos económicos. Enquanto gestores bancários devemos estar sempre preparados a apresentar soluções tanto com produtos e serviços com características padronizadas, bem como soluções no modelo Taylor Made (produto desenhado a avançar na medida do cliente).

Foi Directora Comercial no antigo Banco Millennium Angola, no actual Banco Millennium Atlântico e agora desempenha a mesma função no Banco Keve. Qual é o segredo para se manter por mais de 15 anos a desempenhar esta função?

Para se manter por mais de 15 anos a desemprenhar esta função, decerto que o segredo se resume na “paixão comercial” que me caracteriza. Também é necessário transparência na gestão de clientes, disciplina e rigor na gestão de equipas, sinceridade comercial e objetividade no modelo de negócio Win – Win, de formas a atingirmos os melhores resultados para o Banco.

Yeda Ferreira, Directora Comercial do Banco Keve para a Região de Luanda

O Banco Keve tem passado por um processo de reestruturação a vários níveis. No que diz respeito ao seu pelouro, o que o mercado pode esperar da vossa instituição?

O nosso processo de restruturação começou em 2021 e implicou a redução de unidades de negócios em todo o país, permitindo impulsionar ainda mais a adopção de novas tecnologias voltadas para as necessidades do mercado angolano, ajustando-as ao comportamento dos clientes.

Passamos, em termos de posicionamento, a ter maior foco no negócio, com distinção para sectores de actividades estratégicas e uma presença racionalizada e optimizada em função do perfil demográfico e comercial das regiões e do ecossistema. Este novo posicionamento permitiu dinamizar a relação comercial com os clientes de forma contínua e dar respostas às necessidades dos clientes. Melhoramos a oferta de produtos e serviços, bem como, melhor apoio à banca de investimentos, sendo um dos pilares estratégicos do Banco Keve.

Apostamos também na especialização e na personalizada gestão de clientes particulares, com perfil prime, protocolos firmados com empresas, bem como o acompanhamento de grupos empresariais e económicos que se dedicam a actividades de sectores com impactos relevantes na economia.

Em resumo, o mercado pode esperar do Keve: i) Simplificação de processos e procedimentos para a promoção de decisões rápidas e maior autonomia para equipas e clientes; ii) Inovações Tecnológicas em prol da automatização, eficiência de recursos, superação dos níveis de serviços e qualidade no servir clientes; iii) Assertividade na construção de soluções que avancem á medida dos clientes, usando modelos que se ajustem a necessidade do cliente, construção de propostas de valor com os insights do cliente; melhoria continua sempre que necessário; iv) Rentabilidade – Desenvolvimento de equipas altamente produtivas focadas para a relação entre o Banco e seus clientes que resulte em valor acrescentado para todo o ecossistema; v) Sustentabilidade – Acções comerciais duráveis no presente, mas com olhos postos no futuro, apoiando projectos bem estruturados e com potencial de crescimento sustentável.

Quais são os vossos objectivos comerciais a médio/longo prazo?

Os nossos objectivos comerciais a médio prazo estão também relacionados com os objectivos estratégicos do Banco, que passam pela Sustentabilidade do Negócio, Foco no Fortalecimento das Habilidades Digitais, Crescimento Sustentável e Mobilização de Talentos.

Posso partilhar convosco os objectivos comerciais do ano passado que, no entanto, já foram fechados e que indicam o nosso caminho para o futuro:

    Activos – crescimento de + 25% dos volumes fechados em 2023;

    Créditos – crescimento de +19MM dos volumes fechados em 2023;

    Títulos – crescimento de + 36% dos volumes fechados em 2023;

    Recursos – crescimento de + 22% dos volumes fechados em 2023;

    Resultados líquidos – crescimento de + 43MM dos volumes fechados em 2023.

Yeda Ferreira, Directora Comercial do Banco Keve para a Região de Luanda

Naturalmente a Yeda lidera uma equipa. Quantas pessoas tem ela e como está subdividida?

A rede comercial DPN é composta por 29 agências, distribuídas por 15 províncias e comporta neste momento 175 colaboradores, subdivididos por funções como: Gerentes, Gestores de Clientes e Assistentes Comerciais. Luanda que é a província que lidero, apresenta 50% do quadro de colaboradores e 15 Agências.

Conduzir equipas é um desafio, seja qual for o negócio. Quais as especificidades na banca?

As especificidades usadas por mim, e que melhor nos proporcionam resultados face aos desafios da banca são: trabalhar cada vez mais nos hards e softs skills dos colaboradores tornando-os pessoas dinâmicas, proativas, metódicas, focadas em soluções e transmitindo aos clientes a máxima da confiança. Arrisco-me a dizer que trabalhando neste modelo, qualquer profissional poderá desvencilhar-se de quaisquer desafios e fechar negócios em qualquer área.

Que atributos uma Directora Comercial deve ter para se destacar num mercado e num segmento como este.

Para além da paixão comercial, como já reiterado, outros atributos pessoais como atitude, facilidade de comunicação e excelente raciocínio lógico. Não obstante a estes atributos, uma Directora comercial também deve ter uma continua formação, foco no negócio, conhecimento do mercado, netwoks, estratégia e soluções para os clientes, devendo transmitir sempre confiança, sem se esquecer da orientação às equipas que lideramos mormente a celeridade nas respostas e evitar procrastinações no trabalho.

Fotografias: Madmoselle Luissandra

Redacção: ola@targeting.ao

Experimente o Dark Mode. Clique no botão do canto superior direito, junto à barra de pesquisa.

Compartilhe este artigo
8 Comentários
  • Parabéns Líder YF,
    respostas assertivas e bem definidas.
    Mulher Guerreira e que sabe de cor e salteado do negócio Comercial🙏🏾✌🏼👌🏽👏🏽

  • Parabéns Líder YF,
    Continue focada nas equipas com zelo e dedicação.
    Estamos juntos para fazer negócios que é a tua e nossa Paixão Comercial.
    Bem haja Mulher batalhadora que sabe de cor e salteado os contornos de uma boa negociação para fechos com sucesso 🙏🏾✌🏼👌🏽👏🏽

  • Conheço muito bem a Yeda e, sendo minha amiga, não podia deixar um breve comentário para caracterizar o excelente grau de capacidade, resiliência e intelectualidade no desempenho das funções que exerce na banca. Bem haja Yeda Ferreira

  • Prezada Irmã, Comadre;
    Saudaçoes afaveis.

    Sinto um grande orgulho na minha vida por ter esta Pessoa , mulher sabía, amavel, sobretudo virtuosa.
    Espero que tenha este privilegio toda vida que o Senhor te conceder, mulher empoderada, nós ganhamos e desejo tudo de bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *