Standard Invest: a subsidiária de Intermediação Financeira e serviços de corretagem do Standard Bank

Targeting
Targeting 16 de Novembro, 2023
Da esquerda para a direita: Nádia Pinto, Administradora Executiva da Comissão de Mercado de Capitais, Dinis Mendes, PCE da Standard Invest, e Yonne de Castro, PCA da Standard Invest.

A mais recente subsidiária do Standard Bank Angola, a Standard Invest (SI), foi oficialmente apresentada ao mercado. Regulada pela Comissão do Mercado de Capitais (CMC), a Standard Invest tem como objectivo principal a realização de Intermediação Financeira, Serviços de Corretagem e Custódia, junto de clientes particulares e empresas.

“A marca Standard Invest nasce com a determinação de promover a democratização do acesso aos mercados financeiros para os angolanos. A nossa visão é ser o parceiro de referência no mercado de capitais angolano, entregando as soluções financeiras que permitem atingir, sustentadamente, os objectivos e ambições de todos os nossos clientes”, afirmou Dinis Mendes, CEO da Standard Invest.

Com sede em Luanda, mas com os serviços disponíveis em todo o território nacional através dos canais digitais, a Standard Invest conta com uma equipa de “quadros altamente qualificados, com provas dadas no mercado angolano, que se destaca em operações no mercado de capitais, aliado a um forte poder de originação, sindicação e colocação, numa base diversificada e alargada de investidores em África, Europa, Médio Oriente, Ásia e nas Américas”, revelou o CEO, Dinis Mendes.

Segundo a empresa, ao complementar os serviços aos investidores, a Standard Invest posiciona-se como um parceiro estratégico das empresas com ambição de entrar no mercado de capitais angolano, através da assessoria de soluções de Corporate Finance, Intermediação Financeira, Consultoria Estratégica, acesso ao mercado de capitais obrigacionista, bem como ao mercado accionista, com a devida atenção das diversas opções para os diferentes momentos da vida das organizações.

Nas palavras de Yonne Castro, Presidente do Conselho de Administração da SI, a subsidiária “surge daquele que foi um marco importante do sistema financeiro angolano, com a passagem do processo de intermediação financeira para sociedades distribuidoras de valores mobiliários, inteiramente reguladas pela Comissão de Mercado de Capitais.”

Experimente o Dark Mode. Clique no botão do canto superior direito, junto à barra de pesquisa.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *