Medialivre sucede Cofina Media

Targeting
Targeting 15 de Dezembro, 2023

A Medialivre é o mais recente grupo de comunicação social português, sucedendo a Cofina Media, grupo que até há um mês detinha os meios Correio da Manhã, CMTV, Jornal de Negócios, Sábado, Record, TV Guia, Flash, Máxima, entre outros.

A 8 de Novembro, a Cofina Media anunciou a venda da totalidade do seu negócio a um grupo de quadros por meio de um Management Buy Out ou MBO (expressão utilizada para descrever a compra de uma empresa pelos seus próprios gestores ou administradores). A este grupo juntou-se o futebolista Cristiano Ronaldo e a compra foi concretizada por 56,8 milhões de euros. Um mês depois, os novos donos anunciam a mudança do nome do grupo, com a criação da Medialivre, marca desenvolvida em colaboração com a agência FCB Lisboa e apresentada a 14 de Dezembro.

Luís Santana, CEO da Medialivre, afirmou em comunicado que “a criação de uma nova identidade que agrega títulos e meios claramente líderes nos seus segmentos, representa uma evolução na continuidade, mantendo a solidez do projecto económico e garantindo a liberdade e a independência dos meios de comunicação. É uma nova etapa no panorama dos media em Portugal que encaramos como um sinal de vitalidade”.

De acordo com o comunicado, o novo logótipo da nova marca conta com três pontos a anteceder o nome da marca, pois “representam uma chegada e uma partida, simbolizando a continuidade e a inovação. Reflectem o caminho até aqui percorrido pela empresa, preservando a sua história, ao mesmo tempo que abrem espaço para novas direcções”.

Experimente o Dark Mode. Clique no botão do canto superior direito, junto à barra de pesquisa.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *