Existe “esperança” na Campanha de Natal Unitel

Targeting
Targeting 4 de Dezembro, 2023

A rubrica MSI: Marketing Scene Investigation é assinada por Cândida Bastos, publicitária angolana, amante de arte, bom vivant, adora aprender coisas novas e é uma máquina criativa que não para.


A Unitel tem campanhas de Natal sempre muito calorosas, afectivas e que representam bem a angolanidade. Desta vez não foi diferente, mas foi ainda mais emocionante. Brindou-nos com uma campanha natalícia que fala de esperança, união, fé e amor.

A parte criativa e conceptual da campanha é da agência de comunicação Bee Executive e a produtora é a Team Films. A campanha tem uma mensagem de esperança do início ao fim, tão contagiante que faz com que nos levantemos e nos juntemos a outras pessoas para fazermos a diferença na nossa Angola. Os gestos usados no filme demonstram nitidamente tudo isso!

No início vemos várias pessoas de diferentes classes sociais e faixas etárias em marcha rumo ao mesmo objectivo. Juntaram-se para mostrar que quanto mais unidas as pessoas e as classes trabalhadoras são, mais bonito será o percurso, todos unirão forças para fazer acontecer e tornar o nosso país num lugar melhor.

Um dos adolescentes aparece com uma árvore de natal, e mesmo à noite há luzes no fundo que indicam a luz no fundo do túnel, que trazem sim esperança e resiliência. As luzes também remetem à data comemorativa que é o Natal.

O jingle é nacional do nosso querido e grande artista C4 Pedro intitulada “Ngola Yetu”, e foi interpretada com a grande voz de um artista icônico do país: Toty Samed. A música foi criada exclusivamente para esta campanha.

O renomado actor Virgílio António fecha a campanha dizendo o slogan “Havemos de vencer”. Não acredito que seja por acaso, porque no marketing nada é por acaso. A escolha do actor, com certeza, foi por fazer parte, muitas vezes, de campanhas com uma mensagem forte que toca os nossos corações e pela sua forma natural de comunicar mensagens tão sublimes.

Mas afinal, quem pode vir “taco a taco” com a Unitel quando se trata de campanhas natalícias? Bom, é melhor dar sequência!

Em suma, Angola em movimento só é possível com angolanos que acreditam, que não perdem a esperança e que querem fazer parte da mudança e da revolução. “Havemos de vencer”!

Obrigada Unitel por nos mover, emocionar e mais do que isso, mostrar-nos que juntos conseguimos se todos fizermos pelo menos 1%.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *