10A: Africell inaugura a sua galeria de arte em Angola

Targeting
Targeting 19 de Outubro, 2023

Concebido para receber a coleção de arte africana da Africell e promover os trabalhos de artistas locais, a Africell Angola inaugurou ontem, 18 de Outubro, em Luanda, o 10A, um novo espaço, estúdio e galeria de arte com uma exposição inovadora de esculturas, fotografias e literatura provenientes de toda a África Lusófona.

Situado no décimo andar da Kings Tower, na sede da Africell Angola, o 10A é uma iniciativa da Africell Impact Foundation, concebido de acordo com os mais modernos padrões internacionais no domínio da arte e segue a linha de outras iniciativas culturais que a marca tem implementado em outros mercados em que opera.

“Foi pensado para ser o lar da coleção de arte africana contemporânea da Africell e para proporcionar aos artistas angolanos e de outras geografias africanas que ali queiram promover o seu trabalho um ambiente inspirador, tecnologicamente avançado e acolhedor”, destaca a marca.

Intitulada ‘Conexões’, esta primeira exposição destaca a interacção entre diferentes meios de comunicação e, indirectamente, o poder das conexões geradas através das telecomunicações, e apresenta obras esculturais de Gonçalo Mabunda, artista moçambicano; uma selecção de fotografias da angolana Paula Agostinho; e uma colaboração multidisciplinar entre o fotógrafo espanhol Jordi Burch e o célebre escritor angolano Ondjaki.

“A cultura artística de Angola é incrivelmente dinâmica. Como marca, a Africell procura compreender e apoiar o que é importante para as nossas comunidades – o que em Angola inclui a arte. 10A é uma plataforma flexível e versátil, destinada a criar oportunidades para que pessoas comuns experimentem e se inspirem na extraordinária produção criativa de Angola”, reforçou Marise Aoun, Gestora da Africell Impact Foundation.

A Africell Impact Foundation tem como missão ligar os artistas africanos aos recursos e às oportunidades que lhes permitem causar impacto na sociedade. Motivada pela crença no poder da arte africana e na sua relevância para a cultura global contemporânea, a Fundação utiliza os recursos, a experiência e o estatuto da Africell, como marca de dimensão internacional e tecnológica, para criar pontes entre a arte africana e o mundo em geral.

Redacção: ola@targeting.ao

Experimente o Dark Mode. Clique no botão do canto superior direito, junto à barra de pesquisa.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *